Dez dicas para alugar um imóvel sem se arrepender depois


Quando decidimos reformar nossa casa, tivemos que procurar uma outra residência para locação. Queríamos algo próximo ao trabalho e à obra, para podermos ficar de olho no que estava acontecendo. Então, meu marido me incumbiu do dever de procurar um bom lugar para uma família relativamente bem eclética na sua composição: uma criança pequena, um bebê que ainda estava para nascer, três cães (sendo um deles um gigante dogue alemão) e dois gatos.
 
A tarefa não seria fácil, mas arregacei as mangas e me empenhei. Depois de tanto olhar casas, ver defeitos e qualidades e errar num primeiro aluguel, posso dizer que se você seguir as dicas deste artigo, não vai cometer erros, como eu fiz na época.
 
Antes de sair para as visitas a residências, tenha em mente as necessidades da família em termos de espaço, distância do trabalho e da escola até a casa e segurança.
 
Dê preferência a casas mais novas, com menos de 10 anos de construção (a chance de problemas estruturais diminui consideravelmente).
 
Preste atenção a residências cujos proprietários dizem serem reformadas. Elas podem ter sido apenas “maquiadas”, ou seja, o sistema de elétrica e hidráulica permance e somente coisas menores, como pintura, piso e armários foram refeitos.
 
Observe se há umidade dentro de armários e nos ambientes pequenos (isso pode significar que a impermeabilização não foi feita corretamente e você terá sérios problemas com mofo).
 
Observe se no teto de cômodos que ficam abaixo de banheiros (quando é sobrado) e nas paredes onde as descargas de vasos são colocadas há infiltrações (algum cano pode estar furado).
 
Verifique a posição da casa em relação às coordenadas geográficas, ou seja, os cômodos (em especial os quartos) devem pegar sol da manhã ou da tarde, portanto, devem ficar voltados para o leste ou o oeste. Há casas construídas no sentido norte-sul que são geladas tanto no verão como no inverno.
 
Visite a casa em diferentes horários do dia para ver a incidência de luz.
 
Antes de assinar o contrato de locação, fotografe todos os defeitos que encontrar na casa e peça a rubrica do proprietário do imóvel, para não haver alegação futura de que foi você quem causou os problemas.
 
Não tenha pressa em escolher a residência. Mas, se você precisar de algo urgentemente, prefira aquilo que foi construído pelo proprietário para abrigar a família dele, pois a chance de que todo o material utilizado seja de primeira qualidade (e assim não te dê problemas) é bem maior do que nas casas feitas para locação.
 
Por fim, me sinto na obrigação de relatar o que ocorreu comigo para evitar que aconteça com sua família. Quando pesquisei minha primeira casa para locação, encontrei a residência que acreditava ser perfeita. Era uma casa antiga, mas ficava na região central do bairro (perto de tudo) e o proprietário se dispôs a consertar todos os defeitos que encontrei. Após um tempo morando na casa, comecei a ter problemas com o esgoto. Chamamos a companhia de saneamento da cidade e, para minha surpresa, ela nos informou não haver ligação do esgoto da casa com o encanamento da rua. Onde estariam se depositando os dejetos de todos os moradores que já passaram por lá nesses 35 anos? A resposta dos funcionários públicos foi um susto: os alicerces da casa vinham recebendo todo o esgoto. Pois é... Mais uma coisa para você observar.

Fonte: http://familia.com.br/